Tricologia

Nossa clínica é um local referenciado para diagnóstico preciso de queda de cabelos, análise das doenças do couro cabeludo e realização de tratamentos especializados dessas patologias que estão em crescimento nas últimas décadas. Embora não seja fisicamente prejudicial, a queda de cabelo pode ser emocionalmente perturbadora, provocar baixa autoestima e ser difícil de aceitar. Existem vários tipos de alopecia, cada um com uma gama de características, de causas e tratamentos diferentes.

 

Para Diagnóstico:

A alopecia, de qualquer tipo, é diagnosticada por um dermatologista através de uma análise do histórico médico do paciente e exame físico minucioso do couro cabeludo e haste capilar, denominada Tricoscopia. Trata-se um exame realizado com aparelhos ópticos, conhecidos como tricoscópios, que são capazes de aumentar muitas vezes a imagem da área de interesse, no caso, cabelos e couro cabeludo. Assim, ele permite que se observe com mais detalhes aspectos importantes que não podem ser vistos a olho nu e ajudam a tornar o diagnóstico mais compreensível para o paciente, uma vez que é possível gravar as imagens do exame e podem ser usadas no acompanhamento para comparação de resultados do tratamento. Existem vários tipos de tricoscópios, porém existe o aparelho que é único utilizado em todos os trabalhos da literatura mundial em pesquisas de queda de cabelo e seus tratamentos, e que é líder em formação de imagens de couro cabeludo e avaliação das hastes, o FotoFinder. A consulta sobre cabelos com FotoFinder oferece inspiração e informações concretas para os pacientes. Consulta capilar é assunto relevante em qualquer clínica, e com três etapas podemos liberar um diagnóstico preciso e detalhado: captura de algumas imagens, avaliação do serviço TrichoLAB e por fim o relatório tricoscópico detalhado.

 

Para Tratamento:

  1. Medicações tópica e sistêmicas;
  2. Infiltrações de substâncias;
  3. Tratamentos especializados do couro cabeludo e hastes;
  4. Radiofrequência microagulhada Agnis;
  5. Laser fracionado não ablativo ProDeep;
  6. Ledterapia Hygialux;
  7. Mesoterapia composta por ativos específicos para cada doença;
  8. Microinfusões de medicamentos na pele (MMP);
  9. Terapia regenerativa / PRP; e
  10. Associação de tratamentos.