Preenchimento.

19 de novembro de 2015 - 4 minutes read

Quando perguntado às mulheres quais elas consideram os principais sinais de envelhecimento facial, elas sempre respondem que são a redução na firmeza da pele e o surgimento de rugas, depressões, vincos, linhas de expressão e sulcos. Com a idade, a quantidade de colágeno diminui e a pele se torna menos firme e mais flácida. O rosto também perde gorduras (tornando-se mais esquelético), as laterais ficam vazias, o peso se acumula sob o queixo e a porção inferior das bochechas, determinando sinais típicos do envelhecimento facial e que podem ser controlados sem cirurgias atualmente.

O preenchimento cutâneo consiste em um procedimento onde o dermatologista aplica substâncias sob a pele, em rugas, sulcos, depressões e cicatrizes, diminuindo a sua profundidade, com o objetivo de restaurar o contorno e volume do rosto, melhorando o aspecto da região tratada.

O procedimento pode ser realizado em vários locais, como sulco nasogeniano que determina um aspecto de “bochecha de buldogue”; queixo para remover o aspecto de “fantoche”; lábios superior e inferior para aumento de espessura, sempre de forma natural; “códigos de barra” do lábio superior; rugas finas ao redor dos olhos; olheiras; aumento do volume dos lóbulos das orelhas; sobrancelha para abertura do olhar; nariz para irregularidades que não melhoram com cirurgia; depressões corporais em celulite; aumento de volume de mãos; contorno facial e aumento de queixo e mandíbula.

  – Volumização Facial – Tratamento do contorno 3D do rosto

O Ácido Hialurônico é utilizado na Volumização facial para corrigir a perda dos coxins gordurosos decorrentes do envelhecimento, sobretudo nas áreas malar (bochechas) e mandibular. Nessas indicações, o produto de escolha tem algumas particularidades que o diferenciam do utilizado para simples preenchimento, tais como o tamanho da partícula, mais viscoelasticidade, diferente comprimento de cadeia dos polímeros, e tipo e densidade de crosslinked, com o objetivo de obter o melhor resultado na acomodação do produto na pele, sem risco de migração do local da injeção. A aplicação deve ser feita nos planos supraperiostal (sobre o osso) ou subcutâneo profundo, podendo ser utilizadas cânulas, que reduzem o risco de sangramento. O resultado é natural e rejuvenescedor imediatamente após a aplicação, com melhora gradual até dois meses após a aplicação.

– Sculptra:

O Sculptra é uma substância de origem não animal composta de ácido poli-L-lático, seguro para o corpo humano, sendo totalmente reabsorvido ao longo do tempo.

Após ser injetado na pele ele ativa a produção de colágeno, aumentando a espessura da camada mais profunda da pele, suaviza as marcas e linhas e corrige as alterações de contorno do rosto.

Logo após a administração do produto ocorre um inchaço na região, sendo este transitório. Em poucos dias este líquido é reabsorvido e o paciente adquire a aparência anterior as aplicações. Aproximadamente a partir do décimo dia de sua administração ocorre o estímulo para a formação do novo colágeno, que irá corrigir gradualmente as alterações de volume e contornos faciais.

Tags:,