Estrias.

19 de novembro de 2015 - 1 minute read

As estrias são cicatrizes em forma de linha que afetam homens e mulheres, sendo mais prevalentes neste último grupo populacional. Se incidem principalmente nos glúteos, nas coxas, no abdômen e nos seios. Dentre as principais causas para o surgimento das estrias, podem-se se destacar: fatores genéticos; ganho de peso  e emagrecimento rápido, comum na adolescência e na gravidez; em pós cirúrgicos, comum após colocação de prótese mamária; e outros fatores externos como corticóides, uso de anabolizantes e musculação excessiva. Inicialmente, são avermelhadas ou róseas, sendo chamadas de “estrias recentes” e, evoluem para uma tonalidade esbranquiçada, onde passam a serem chamadas de “estrias tardias”.

As recentes por não estarem ainda totalmente consolidadas e ainda possuírem infiltrado inflamatório, respondem praticamente na totalidade dos casos com as terapêuticas empregadas na atualidade, como por exemplo o arsenal de Peelings, Lasers e outras modalidades cirúrgicas que possuímos na clínica.

Os bons resultados são conquistados quando determinamos com precisão a origem das lesões, afim de bloquearmos a formação de novas cicatrizes, evitando seu crescimento, além de combinarmos Técnicas de cirurgia dermatológica e Laserterapia.

Tags: