Cirurgia de Pálpebras.

19 de novembro de 2015 - 2 minutes read

  Excesso de Pele: Blefaroplastia é a cirurgia dermatológica que proporciona aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos, fazendo com que o olhar pareça mais descansado e alerta. Melhora o aspecto das pálpebras superiores e inferiores, eliminando bolsas de gordura, rugas e flacidez. Ela está indicada para quem tem excesso e/ou flacidez de pele nas pálpebras, para quem tem bolsas de gordura e para quem tem ptose (queda da pálpebra por causas musculares) ou pseudoptose palpebral (queda da pálpebra em função do excesso de pele).

  Ptose Palpebral: É a queda da pálpebra superior por causas musculares. Neste caso podemos associar a cirurgia de Blefaroplastia com Toxina Botulínica, Ultherapia® e Sutura Silhouette para promover o levantamento da região.

  Xantelasma: São lesões cutâneas da região palpebral provocadas pelo depósito de lipídeos (gordura) na pele. Podem estar relacionados com alterações dos lipídeos sanguíneos mas também podem ser decorrentes apenas de alterações locais do metabolismo das gorduras. O tratamento desta patologia pode ser realizado com Exérese e Sutura simples (remoção cirúrgica com pontos), Blefaroplastia para casos extensos ou Laser de CO2 fracionado para casos leves.

  Siringomas: Siringoma é um tumor benigno derivado dos ductos de glândulas sudoríparas. A tendência ao surgimento é genética e atinge principalmente as mulheres e as pálpebras inferiores. O tratamento desta patologia pode ser realizado com Exérese e Sutura simples (remoção cirúrgica com pontos), Blefaroplastia para casos extensos ou Laser de CO2 fracionado para casos leves.

Tags:, , , ,